USP

64

UNICAMP

25

UNESP

50

UNIFESP

12

Nome: Amanda Vieira Serrano

Turma: Hexa Noite

Aprovações: FAM

Cursos: Medicina

Amanda Vieira Serrano

Estou fazendo Medicina na FAM aqui no Centro de São Paulo, mas tudo começou quando eu estava fazendo Arquitetura e percebi que gostava do curso de Medicina. Então resolvi trancar a faculdade e voltar para o cursinho.

Escolhi o Poliedro por ser em Guarulhos, perto de onde eu moro, e precisava criar uma rotina de estudos.

E já entrei pensando que seria impossível passar em Medicina com um ano de cursinho. E muitas vezes quis desistir, mas o acompanhamento da Orientação Profissional foi essencial. Todas as vezes que eu pensava que estava louca por voltar para o cursinho, o psicólogo colocava minha cabeça em ordem e me fazia pensar em tudo que eu fiz até chegar ali e nos motivos que me fizeram largar a faculdade de Arquitetura.

Confesso que não fui tão disciplinada quanto deveria no cursinho, pois às vezes chegava no meu limite. Mas aproveitava as aulas ao máximo e, mesmo quando estava desfocada, tentava fazer os exercícios. Foquei nas matérias que odiava, como matemática e física, porque sabia que elas seriam meu ponto fraco.

Quando chegou a época das provas dos vestibulares eu me senti mal porque não estava no nível dos outros colegas, mas tentei ficar calma pois sabia que tinha feito o máximo que podia.

Quando chegou o começo do ano e eu não havia passado em Medicina, mas tinha passado em Biologia no Mackenzie e na UNESPAR, eu não sabia o que fazer: se continuava no cursinho ou se mudava de curso.

Quando estava decidida a voltar para o cursinho, tive a maior surpresa com uma chamada na FAM que eu havia passado no meu sonho que é Medicina.

Por mais que não tenha passado em uma universidade pública, eu amo meu curso e a faculdade onde estou. A vida acadêmica de um estudante de Medicina requer muitos sacrifícios (como não dormir direito nunca mais e não ter muito tempo para outras coisas, como sair com amigos) mas eu amo o que eu faço e todo o esforço valeu a pena.

Sou muito grata pelas pessoas que ficaram ao meu lado na época do cursinho, como família, amigos e namorado, que me falavam todo o dia para continuar, que não seria fácil mas que valeria muito a pena lá na frente.

Já eu, que achava que não seria possível passar em Medicina com um ano de cursinho, estava enganada porque não podemos nos comparar com ninguém e, com persistência, conseguimos a carreira desejada.

FECHAR

Nome: Amanda Trevisan Munhão

Turma: Tetra Manhã

Aprovações: UFPEL

Cursos: Medicina

Amanda Trevisan Munhão

Só tenho a agradecer ao Poliedro Guarulhos, por todo o suporte nessa época tão difícil que é a de vestibulares.

O Poliedro foi por um ano e meio a minha casa, o local onde eu passava a maior parte do meu tempo e principalmente o local em que eu me sentia bem e acolhida, o que fez total diferença na minha preparação!

No Poliedro eu pude contar com funcionários e amigos incríveis, que sempre me motivavam e incentivavam nos momentos difíceis.

Hoje estou começando o curso de Medicina na Universidade Federal de Pelotas e vejo o quanto essa jornada valeu a pena!

E minha maior dica para quem está em busca da aprovação é acredite na sua capacidade e respeite seus limites, físicos e emocionais, para conseguir dar seu máximo no dia do vestibular!

FECHAR

Nome: Ana Luisa de Camargo

Turma: Turma Medicina

Aprovações: USCS

Cursos: Medicina

Ana Luisa de Camargo

Me senti acolhida desde a primeira vez que entrei no Poliedro Guarulhos. Os funcionários e professores, sem exceção, sempre foram educados e muito profissionais com todos os alunos.

Estudar lá, para mim, foi uma grande dificuldade, pois morava em Santa Isabel e a condução até Guarulhos era muito difícil, horários de ônibus péssimos e muito trânsito. Eu acordava 4:30h todos os dias e meu pai me deixava na porta do cursinho exatamente 6h, muitas vezes eu ficava na porta esperando abrir. Assim que chegava lá, ficava estudando até o horário da aula, que normalmente era 8h e ia embora apenas 19h.

Todas as aulas eram muito ricas de conteúdo e os professores passavam uma ideia de que não existia uma hierarquia entre nós e eles. Sempre nos deram liberdade para questionar e, muitas vezes, tirar dúvidas ao final das aulas.

Minha maior dificuldade sempre foi em exatas e as listas de exercícios passadas toda semana foram essenciais para eu conseguir sanar minha dificuldade nos conteúdos. Os plantões eram em ótimos horários e sempre bem organizamos com profissionais excelentes.

Para quem está em busca da aprovação, eu aconselharia a não deixar de lado nenhum conteúdo, pois, mesmo não tendo dificuldade, é bom sempre dar uma relembrada, estudar as matérias do dia, para que não se acumulem e também focar bastante em suas dificuldades.

Sempre me diziam que o vestibular era difícil e concorrido, mas não impossível. A aprovação vem de como cada um aproveita o seu estudo ou o que o Poliedro oferece. Posso dizer que consegui aproveitar praticamente tudo e não me arrependo da escolha e nem do esforço que fiz.

Depois de sair do cursinho, vi que amadureci muito, o que foi muito importante para encarar a vida universitária, principalmente no curso de Medicina. Se eu não tivesse aprendido a estudar com o Poliedro, com certeza não aguentaria o curso. Por isso sou muito grata pelo ano de 2017 que eles me proporcionaram e com certeza indicaria o cursinho para amigos.

FECHAR

Nome: André Henrique Fernandes Daga

Turma: Hexa Tarde

Aprovações: UFSC

Cursos: Engenharia de Controle e Automação

André Henrique Fernandes Daga

O ano que cursei no Poliedro foi bem puxado. Chegava às 10h e saia às 21h, sendo que morava em outra cidade. Além disso, participei de todas as palestras e a da maioria dos simulados durante os finais de semana.

Se você quer aprovação em uma excelente universidade, não se iluda. Não é fácil, mas o essencial é não desistir e se manter firme durante os estudos.

Minha maior motivadora na época do cursinho era a minha mãe. Os professores também ajudavam bastante.

Se manter na vida universitária é quase 10 vezes mais difícil do que entrar nela, mas se você está fazendo o que gosta, então vale a pena.

FECHAR

Nome: Beatriz Ligeiro

Turma: Turma Medicina

Aprovações: UNISA, UNITAU

Cursos: Medicina

Beatriz Ligeiro

O ano de cursinho inegavelmente é difícil, cansativo e muito angustiante. No entanto, como os Coordenadores costumavam dizer: “ser difícil não é sinônimo de ser ruim”. Por isso, hoje consigo reconhecer que esses anos no Poliedro foram essenciais para me tornar um ser humano e estudante melhor.

Atualmente, na faculdade, olhando para os três anos e meio que passei no curso, percebo que a orientação e apoio dos Professores e Coordenadores fizeram  toda a diferença na minha aprovação. Além das horas de estudo de domingo a domingo, simulados e período de aula,  a disciplina, foco e  (muita) resiliência foram essenciais na conquista da vaga.

Do mesmo modo, o período longo de cursinho possibilitou a maturidade de apreender o conteúdo de maneira a transpassar a barreira mecânica do vestibular e  foi uma válvula de escape para agregar conhecimento, de modo a ser prazeroso estar lá.

Neste momento só tenho a agradecer a TODOS do curso por tornar possível a realização do meu sonho e de muitas outras pessoas.

Aos colegas que permaneceram, a minha mensagem é que: a fase de cursinho é realmente única, árdua e de amadurecimento constante, mas no final, vale a pena!

E mesmo que não pareça é só um ciclo, que acaba rápido, bem rápido. Sendo assim, aproveitar esse momento da melhor maneira, ouvir todas as dicas, assistir as aulas de mente aberta e acima de tudo, não deixar a saúde mental de lado é realmente o mais importante. Por fim, estou torcendo por todos que continuam na luta e espero que dê tudo certo.

FECHAR

Nome: Daniele Ruivo Moço

Turma: Tetra Manhã

Aprovações: USP

Cursos: História

Daniele Ruivo Moço

Minha experiência no Poliedro Guarulhos foi muito intensa, como imagino que seja a de qualquer estudante que deseja a aprovação. Para mim, foi um ano em que foi preciso abdicar de parte da minha vida social e focar nos estudos. Por sorte, sempre tive o suporte de minha família e meus amigos.

Por mais que as abdicações feitas pela aprovação na faculdade possam parecer injustas, levando até à vontade de desistir, a minha dica para quem está nessa posição é não esquecer aonde você quer chegar.

Depois de dias inteiros estudando, dias que parece que não foi feito o suficiente e até dias em que você duvida se seu sacrifício pessoal compensa – aquele que só você sabe –, hoje, matriculada na faculdade que desejei e no curso que eu escolhi eu posso dizer que sim, valeu a pena. E não apenas por ter alcançado meu objetivo, mas por todo o caminho que percorri até ele e por toda maturidade e todo crescimento que adquiri no percurso.

Sobre a faculdade, o que eu posso dizer é que é como se diversas portas se abrissem. É uma sensação de que o mundo é bem maior do que estávamos habituados. E é muito bom!

Gostaria de agradecer em especial os professores, que estão sempre na luta conosco, além de exercerem um trabalho engrandecedor. Além deles, agradeço aos plantonistas pelas dúvidas tiradas e a todos os funcionários, que tornam o Poliedro um local confortável para que possamos conquistar nosso sonho.

Boa jornada a todos e continuem! Afinal, tudo é aprendizado.

FECHAR

Nome: Felipe Carneiro Monteiro

Turma: Tetra Manhã

Aprovações: USCS

Cursos: Medicina

Felipe Carneiro Monteiro

Tive uma ótima experiência no cursinho Poliedro. Tive a oportunidade de rever alguns dos professores que não tinha contato desde os tempos do Colégio Mater Amabilis e, mais uma vez, aprender com eles.

Os seis meses que fiquei no cursinho foram suficientes para conseguir passar no vestibular, mesmo não tendo toda a matéria do ano letivo.

Agradeço muito à equipe e aos plantões disponibilizados no cursinho.

FECHAR

Nome: Giulia Maesta Apelbaum

Turma: Tetra Manhã

Aprovações: Santa Casa de São Paulo

Cursos: Medicina

Giulia Maesta Apelbaum

Minha experiência no cursinho foi muito marcante. Sai da casa dos meus pais para vir para uma cidade grande estudar. Acabei chegando em Guarulhos sem nem saber o caminho de volta para onde eu morava. Lembro que foi no meu primeiro dia, perdida, que muitos do Poliedro descobriram minha história. Então, fizeram questão de se tornarem minha família enquanto a minha estava longe.

Desde o pessoal da sala, da secretaria, da portaria, os professores e os coordenadores: fiz verdadeiros amigos que muitas vezes eram meus psicólogos também! Ninguém lá me tratou como concorrente, o que ouço que acontece muito por aí: isso fez toda diferença para mim. Até hoje lembro da vez que, chegando perto dos grandes vestibulares, começaram a espalhar bilhetinhos anônimos de incentivo e de apoio!

O que era um fardo, um “sacrifício”, virou uma boa lembrança e por isso eu serei eternamente grata. Acho que todos que já passaram sabem que o período de cursinho é muito complicado com a pressão (que fazemos com nós mesmos principalmente), mas o ambiente lá me ajudou no que a autoestima falhava. Da minha história de 2 anos com o Poli (e 3 de cursinho), eu falaria para quem ainda está tentando passar para simplesmente manter e valorizar o clima desse cursinho. As pessoas estão lá para te ajudar de verdade!

Agora minha rotina mudou bastante. Na faculdade eu acho que tenho ainda menos tempo (se isso é possível) para o tanto de atividades e de estudos, mas vale a pena. Esportes, ligas, aulas integrais. De tudo, gosto especificamente da parte prática que a minha faculdade proporciona: estar no hospital desde o primeiro ano é incrível. Embora que, para ser sincera, ainda não caiu a ficha! Fico a partir de hoje à disposição para quem quiser conversar e conhecer mais da minha experiência, só pedir meu número!

FECHAR

Nome: Giullia Guaraldi

Turma: Hexa Tarde

Aprovações: FMRP-USP

Cursos: Fonoaudiologia

Giullia Guaraldi

Compreensão é a palavra que mais me remete ao ano de cursinho. Você precisa compreender que não está mais na escola e fazendo o que tem que fazer (tarefas e trabalhos para ganhar nota). Agora neste ano você tem que compreender o mundo e tomar decisões que não são fáceis mas que são necessárias.

Enfim, no fim você percebe que tudo valeu a pena quando chega a lista de chamada e seu nome está lá. Só tenho que agradecer a todos que fizeram meu ano de cursinho valer a pena e a me ajudarem na maior escolha da minha vida: conhecer uma profissão tão linda e apaixonante quanto a Fonoaudiologia Forense.

FECHAR

Nome: Guilherme Rocha Silva

Turma: Hexa Noite

Aprovações: USP

Cursos: Engenharia de Materiais

Guilherme Rocha Silva

Meu nome é Guilherme e eu fiz o curso Hexa Noite do cursinho Poliedro Guarulhos no ano de 2017.

Tive ótimas aulas com professores incrivelmente capacitados. Foi um ano de amadurecimento e polimento do meu intelecto, aprendi matérias que não tive muita afinidade no Ensino Médio, relembrei matérias que não fixei muito bem e aprimorei as matérias que eu tinha mais facilidade.

Com o auxílio do material Poliedro e dos professores, fui aprovado na USP e na UNESP no curso de Engenharia de Materiais. Optei pelo curso na USP, e estou gostando muito do ambiente universitário, pois existem muitas oportunidades para o meu crescimento pessoal e acadêmico.

Super recomendo o cursinho Poliedro Guarulhos!!!

FECHAR

Nome: Hilary Moreira Bueno

Turma: Hexa Tarde

Aprovações: UNINOVE

Cursos: Medicina

Hilary Moreira Bueno

Minha experiência no Poliedro foi essencial tanto para minha construção pessoal quanto intelectual.

Foi lá que eu amadureci para poder enfrentar uma universidade, que hoje cursando Medicina, tenho completa noção de que o cursinho foi muito importante para a vida acadêmica.

O Poliedro  foi como uma família para mim! Com ele aprendi a ter um ritmo de estudos, ter uma base forte para ingressar numa universidade e fazer escolhas importantes.

FECHAR

Nome: Jhennyfer Gonçalves

Turma: Hexa Noite

Aprovações: São Judas

Cursos: Engenharia Civil

Jhennyfer Gonçalves

O Poli me ajudou muito nessa jornada, tanto nos estudos quanto emocionalmente! Me senti super acolhida em todos os momentos. Os funcionários e os professores são admiráveis, a força que eles nos dão é excepcional.

O Poliedro fez a diferença na minha vida, melhorou minha percepção de mundo e me preparou para a faculdade nos requisitos psicológicos e estudantis.

FECHAR

Nome: Laura Leme Castro

Turma: Tetra Manhã

Aprovações: UFSJ

Cursos: Medicina

Laura Leme Castro

Minha experiência no Poliedro foi excelente e recomendo a todos que queiram estudar com qualidade para realizar seu sonho de entrar no curso almejado. Claro que não foi fácil seguir a rotina de estudos, mas ter o apoio de ótimos professores, um excelente material e funcionários atenciosos foi primordial para que eu conseguisse alcançar o meu objetivo.

Estar cursando Medicina está me tornando um ser humano melhor, pois tenho passado por experiências únicas e especiais que me fazem ter certeza de que escolhi a profissão certa para mim e agradeço ao Poliedro por ter tornado isso possível.

FECHAR

Nome: Letícia Eck Duran

Turma: Tetra Manhã

Aprovações: IFSP, UNESP, USP

Cursos: Química, Biologia, Obstetrícia

Letícia Eck Duran

Antes mesmo de pensar em fazer cursinho um dia, sempre ouvi que era ano de mudança. Hoje acredito que foi um privilégio ter estudado no Poliedro, pois foi muito mais do que eu esperava.

Foi um ano de desafio, conhecimento, perseverança, conquista, e principalmente amadurecimento. Com certeza, entrei uma pessoa e sai outra completamente diferente. Mas em nenhum momento pensei em desistir, largar tudo.

Quando chegava a pensar, as pessoas que o cursinho colocou na minha vida (desde os funcionários até os alunos que se tornaram meus amigos) faziam questão de lembrar porque estava ali.

Consegui compreender que o esforço que fazia, de segunda a segunda, com os simulados de sábado e quase sempre de domingo, mereciam uma recompensa.

Obrigada, Poliedro!

FECHAR

Nome: Lucas dos Santos Zoccal

Turma: Hexa Tarde

Aprovações: USP, UNICAMP, Mackenzie, Albert Einstein

Cursos: Economia, Medicina

Lucas dos Santos Zoccal

Olá, o meu nome é Lucas S. Zoccal, curso Economia na USP e estudei no Poliedro Guarulhos ano de 2017.

O período de cursinho é, sem sombra de dúvidas, um dos momentos mais marcantes e decisivos na vida de um estudante que objetiva entrar em uma universidade. Trate-se de uma experiência única, difícil, mas gratificante no final de tudo. Não devido necessariamente às aprovações, mas principalmente pelo fato de, ao longo do ano, termos dado o nosso melhor e crescidos como pessoas - repetindo umas das frases que mais marcaram minha trajetória no Poliedro Guarulhos, dita em variadas ocasiões pela coordenação, o que me motivou diversas vezes no decorrer do ano.

Não seria ético afirmar que o ano de cursinho é constituído apenas por momentos bons e alegres. A pressão, a ansiedade, a auto cobrança, entre outros, estão aí para comprovar isto. Porém, na minha concepção, é neste ponto que o Poliedro Gru destaca-se: uma excelente infraestrutura aliada com excepcionais professores, funcionários e material de estudo, preparados para capacitar o aluno aos mais concorridos vestibulares do país, oferecendo todo o suporte necessário durante este momento tão crucial.

Além disso, questionamentos e dúvidas também são contrabalanceadas com momentos de diversão e risadas com as pessoas que se tornam grandes amigos, suavizando a nossa experiência no cursinho. Já finalizando o meu depoimento, apenas gostaria de parabenizar todos que estão passando por este momento. Independentemente do que acontecer no final deste processo, gostaria, sinceramente, que soubessem que vocês já são mais do que vencedores, pois optaram por, a cada dia, dar o seu melhor em busca de seu objetivo, abrindo mão de muitas coisas em troca de um sonho.

Por isso, tenho plena convicção de que muitos, inclusive eu, torcem pelo sucesso de cada um . Um grande abraço a todos vocês e tudo de bom no restante do ano.

FECHAR

Nome: Lucas Ferreira Stanquevitchus

Turma: Hexa Noite

Aprovações: USP

Cursos: Engenharia Química

Lucas Ferreira Stanquevitchus

Minha experiência no Poli foi gratificante, com os melhores professores, material didático completo, e o ambiente foi o diferencial, me sentia muito bem pra fazer horas de estudos focado, quando tinha dúvida havia diversos plantonistas pra me ajudar, e os amigos pra dar aquele apoio também.

Além disso, nos dias de prova toda a equipe do Poliedro foi no local e me tranquilizou muito com essa união, igual a um simples dia de simulado.

Hoje faço Engenharia Química na USP, e sou muito grato à base que recebi no cursinho, e a maturidade de estudo que desenvolvi nesse tempo, acredito que fez toda a diferença essa preparação pra faculdade.

Obrigado!

FECHAR

Nome: Lucas Justo

Turma: Tetra Manhã

Aprovações: USP, UNESP, PUC, Mackenzie

Cursos: Direito

Lucas Justo

O Poliedro me mostrou que, por mais que seja um período que exige esforço e dedicação, a experiência de cursinho não precisava ser dolorosa. Com toda a estrutura fornecida e auxílio dos funcionários me sentia em casa e consegui criar uma rotina de estudos adequada para alcançar meus objetivos.

Com o passar do tempo e a proximidade das provas, a tensão e o nervosismo aumentaram. Foi neste momento que a tranquilidade que os professores e plantonistas transmitiam quanto ao conteúdo e o apoio diário fornecido por cada um dos funcionários foi determinante para manter o foco até o final!  Saber que todos estão comprometidos com um objetivo é, sem dúvidas, um fator ainda mais estimulante.

Meu período no cursinho foi marcante pela intensidade e pelos desafios diários. Mas o sentimento de saber que todo o esforço trouxe o resultado almejado é gratificante, além de todas as amizades criadas e experiências vivenciadas que jamais esquecerei.

FECHAR

Nome: Giovanna Pareja Franchi

Turma: Tetra Manhã

Aprovações: FAMERP

Cursos: Medicina

Giovanna Pareja Franchi

Eu estou estudando Medicina na FAMERP após muita dedicação e persistência, em que o Curso Guarulhos foi uma das bases para eu conseguir conquistar esse sonho.

Apesar dessa fase ser angustiante e parecer tão distante da aprovação, o cursinho me proporcionou um conforto diante de todos os entraves. Pude contar com os professores e toda a equipe que sempre estava lá para te ajudar a melhorar ou te acalmar, o que é essencial.

Além disso, existe a parte dos estudos individualmente, que no começo é difícil você saber se está fazendo certo e está sendo efetivo (mais uma angústia), mas com planejamento você percebe o crescimento, e ele não é imediato. Por conta disso, tem dias ruins e você tem que superá-los, tentando não focar nas derrotas, mas sim nas pequenas metas cumpridas. Então todo o dia eu basicamente tentava estudar as matérias dadas, fazendo muitos exercícios (além dos que tinha nos livros, quando dava), resumos (muitos post its grudados na parede) e pelo menos uma redação toda semana.

Também fazia um método de pausa de 10 minutos a cada 1h ou 1h30 para descansar, fazer qualquer outra coisa. Em finais de semana eu também estudava, exceto quando tinha simulados, que são muito bons para planejar o tempo de prova e estratégias, porém, é sempre bom se avaliar para descansar porque também é preciso. Fora as amizades do cursinho que também deixam o ambiente mais leve. Com todo o cotidiano de exercícios, os vestibulares vão se tornando mais um "simulado", e os resultados vão sendo muito parecidos ao longo do tempo.

Assim, depois desse período injusto de seleção que os vestibulares fazem, em que você abdica de muita coisa, eu consegui a aprovação. E esse momento é inacreditável, melhor sensação de conquista. Agora as dificuldades na faculdade são outras, e poder se construir e estar vivenciando esse sonho, que antes parecia impossível, é muito bom, não tem palavras que descrevam quando você sente que está no lugar certo.

FECHAR

Nome: Lucas Luiz de Lima

Turma: Hexa Noite

Aprovações: UNIFAL

Cursos: Ciência e Tecnologia

Lucas Luiz de Lima

A minha história é bem simples: eu sempre quis uma faculdade federal logo, eu sabia que eu teria que estudar. Porém, infelizmente, no meu ensino médio eu decidi não estudar muito no último ano e acabei não passando. No ano passado eu entrei no cursinho, levei o primeiro semestre meio nas coxas, porém no segundo já comecei a ralar. Estava estudando cerca de 10 horas por dia, mas não consegui passar na faculdade que eu queria: a UFABC.

Em 2018 eu voltei para o cursinho e continuei ralando, porém pegando mais pesado, estudando 13 horas por dia. Foi quando abriu o SISU no meio do ano e consegui passar em outra faculdade, a UNIFAL, que oferecia o mesmo estilo de curso que eu desejava.

Agora estou aqui estudando o curso que eu queria e estudando bastante.

O cursinho não me deu só uma base pra estudar. Ele abriu minha cabeça, me fez amadurecer bastante e se eu tivesse passado direto do ensino médio, tenho certeza que eu teria mais dificuldades na faculdade.

Então eu não me arrependo nenhum pouco de ter feito esse 1 ano e meio de cursinho e agradeço todos os professores, coordenadores, monitores, tios e tias que me ajudaram nessa etapa de crescimento. Muito obrigado a todos!

FECHAR

Nome: Luiza Veja Damasceno

Turma: Hexa Tarde

Aprovações: UNESP

Cursos: Odontologia

Luiza Veja Damasceno

Minha experiência no Poliedro Guarulhos foi ótima.

Os professores e palestrantes são extremamente didáticos e capacitados. Os plantonistas são excelentes, sempre atendendo muito bem e sanando todas as dúvidas existentes, estes me deram todo apoio que eu considero crucial para entrar numa universidade pública.

Uma dica que eu dou para quem está em busca da aprovação é ter perseverança e não desistir! Buscar sempre o equilíbrio entre os estudos e o lazer, pois ambos em excesso podem atrapalhar na aprovação e é sempre importante saber dosá-los. E tenho certeza que toda a equipe do Poliedro está disposta a ajudar a encontrar esse equilíbrio.

Como todos os outros alunos do cursinho, diversas vezes a matéria acumulava e eu me via desesperada e desmotivada, porém os ex alunos e a coordenação do curso me disseram que tudo aquilo era normal! E o importante mesmo é não desistir e seguir o cronograma de estudos que dará tudo certo no final.

A vida universitária é difícil e muito puxada, mas estar estudando aquilo que você tem paixão é fantástico, e quando você lembra do quanto se esforçou para conseguir aquela vaga, de alguma forma damos mais valor a ela.

FECHAR

Nome: Marcela dos Santos Pereira

Turma: Turma Medicina

Aprovações: FAMERP

Cursos: Medicina

Marcela dos Santos Pereira

Eu faço medicina na FAMERP. Fiz um ano de cursinho no Poliedro Guarulhos. Eu comecei o ano de cursinho com sangue nos olhos e confiança de que eu ia passar no vestibular. Isso me ajudou muito a enfrentar muitas horas de estudo diárias, além de que me deu mais segurança na hora das provas. Eu coloquei na minha cabeça que, por mais que eu tivesse dificuldade, nenhum conteúdo era impossível de aprender, e que eu era tão inteligente quanto precisava pra isso.

Eu vim de escola pública, então eu nunca tinha visto mais da metade do conteúdo que eu aprendi no cursinho, logo eu tinha que estudar em dobro. O Poliedro me ajudou muito com isso, pois me ofereceu a infraestrutura e o apoio que eu precisava para não desistir.

Os funcionários viraram a minha família e me proporcionaram um ambiente de estudos acolhedor e motivacional, que me ajudou muito nas horas de insegurança. Todos os dias eu passava horas na sala de estudos e no plantão de dúvidas, e para manter uma rotina de estudos constante, montar um plano de estudos com a ajuda da orientação de estudos foi essencial.

Durante todo o curso, o coordenador falava coisas motivacionais que me faziam seguir em frente, e, quando chegou na época de provas, eu fui confiante e com a certeza de que a aprovação bateria à minha porta em janeiro. E ela bateu!!! Passei na FAMERP, e foi a melhor conquista da minha vida!!

A faculdade é maravilhosa e há a satisfação de estar fazendo o que eu gosto. Além disso tem as festas, congressos, ligas acadêmicas, competições e várias atividades extracurriculares que deixam a universidade mais emocionante do que já é!!!

Valeu muito a pena um ano de cursinho bem estudado, e escolher o Poliedro Guarulhos fez toda a diferença na minha aprovação!

FECHAR

Nome: Marcos Vinicius Trevisan Tavares

Turma: Hexa Tarde

Aprovações: USP

Cursos: História

Marcos Vinicius Trevisan Tavares

Eu atualmente estou estudando História na USP. Fiz um ano de Poliedro e acho que o fator mais importante na minha aprovação foi compreender meus métodos e meu ritmo. Eu percebi que seria impossível estudar mais do que eu consigo, e fui levando aos poucos, de forma que eu pude melhorar minha apreensão dos conteúdos e intensificar minhas notas em áreas específicas.

FECHAR

Nome: Matheus Cristiano Quineipp da Silva

Turma: Hexa Tarde

Aprovações: USP

Cursos: Geografia

Matheus Cristiano Quineipp da Silva

Me chamo Matheus Cristiano, sou aluno de Graduação em Geografia pela Universidade de São Paulo (USP) e sou ex-aluno Poliedro Guarulhos.

Estudei no Poliedro Guarulhos em 2017. Conheci o Poliedro por indicações de meus professores e amigos. Resolvi fazer cursinho, pois não tive sucesso nos vestibulares de 2016.

Meu ano de cursinho foi de extrema importância para o meu amadurecimento como pessoa e como aluno. Desde o início, eu tive ótimo suporte dos professores, plantonista e coordenadores. Aprendi realmente como se organizar, estabelecer uma rotina de estudo, ao qual me senti confortável em manter pelo resto do ano até os vestibulares.

Durante o ano de 2016, a caminhada foi extremamente cansativa, porém de imenso ensinamentos. Sempre que me sentia desmotivado, podia contar com meus professores, os quais me motivavam bastante. Sempre ouvia: “Estude, concentre-se que no final a caminhada será vencedora!”.

Sempre foi meu sonho estudar na USP, hoje me sinto realizado. Para aqueles que estão nessa caminhada e almejam conquistar sua vaga na Universidade, minha dica é a seguinte: “Foque nos estudos, estude, concentre-se.. Não se dê por vencido pelo cansaço, a caminhada é dura, mas não há felicidade maior nesse mundo em ver seu nome na lista de convocados!”

Guardo até hoje a lista com o meu nome no site da FUVEST! Hoje me encontro onde estou, graças ao meu esforço e toda às ferramentas que o Poliedro me proporcionou! Minha rotina na USP é bem corrida. Sou aluno de Geografia na turma noturna e sempre tenho muitos trabalhos e leituras para realizar. Estou indo para o meu 2º semestre e amo o que faço. A USP se tornou minha secunda casa, pretendo continuar estudando por lá por bastante tempo!

Obrigado, Poliedro Guarulhos. 

FECHAR

Nome: Milena Almeida Alves

Turma: Tetra Manhã

Aprovações: UNINOVE

Cursos: Medicina

Milena Almeida Alves

Minha experiência no cursinho foi bastante intensa. Tiveram os pontos ruins que foi lidar com a pressão do vestibular, as aulas e matérias acumuladas e tudo isso foi muito desgastante. Mas também tiveram os pontos bons, já que eu amadureci bastante e aprendi diversas coisas com professores excelentes, influenciando no ser humano que sou hoje.

Minha dica para quem está em busca da aprovação é ter equilíbrio. É necessário estudar sim e bastante, mas sem se esquecer de sua saúde mental e do bem estar físico.

Na época de cursinho tive muito apoio de amigos e familiares, que me ajudaram em momentos de estudo e em momentos de descanso, preservando a minha saúde emocional.

A vida universitária, assim como o cursinho não é fácil, exige muito esforço e dedicação, mas é nela que percebemos o quanto valeu a pena todo o tempo que se esperou para chegar até ela.

FECHAR

Nome: Pedro Diniz

Turma: Hexa Noite

Aprovações: USP - São Carlos

Cursos: Engenharia Civil

Pedro Diniz

Olá! Meu nome é Pedro Diniz, fiz cursinho no Poliedro Guarulhos no ano de 2017. No começo do ano passado coloquei como foco entrar na universidade pública, mesmo que para isso era necessário me privar de muitas coisas devido a carga muito grande de estudos diariamente e aos simulados, entretanto tudo é muito gratificante quando você vê seu nome na lista de aprovado.

O Poliedro me ajudou de todos os jeitos:  os professores são ótimos, os monitores estão sempre focados em solucionar as nossas dúvidas, todos da secretaria  e os tios(as) da limpeza que sempre te davam um bom dia que te motivava para enfrentar mais um dia de estudos.

Em muitos momentos pensava em desistir porque realmente  a rotina de cursinho é muito desgastante. Você precisa estar muito focado, acreditar em você e nunca desistir. Tinha como meta conseguir passar na Unicamp ou na Unesp ou ainda na USP,  e consegui passar nas três e pode escolher ainda. Hoje faço Engenharia Civil na USP São Carlos, a universidade é incrível, o campus é muito bacana, estar aqui é um sonho, e sem o Poliedro isso não seria possível.

A todos os vestibulandos, eu desejo muita força para não desistir e seguir lutando pelo seu sonho, porque quando você estiver estudando na universidade dos seus sonhos você verá que valeu a pena! Qualquer dúvida sobre a universidade e a cidade pode me procurar!

Abraços!

FECHAR

Nome: Tatiane Dunder de Moraes

Turma: Turma Medicina

Aprovações: UNICID

Cursos: Medicina

Tatiane Dunder de Moraes